Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

Comparação da resposta hipotensora pós-exercício aeróbio contínuo de moderada intensidade e exercício intervalado de alta intensidade em indivíduos hipertensos

Flávia C. Pimenta, Alessandra Medeiros, Gabriela F. A. Borba, Luis Fernando. M. Silva
Universidade Federal de São Paulo - Santos - SP - Brasil

INTRODUÇÃO:A hipertensão arterial (HA) representa um grave problema de saúde, sendo um importante fator de risco para outras doenças cardiovasculares. O exercício físico é uma terapia não medicamentosa associada a reduções nos níveis de pressão arterial (PA) de indivíduos hipertensos. Já se sabe que exercícios aeróbios de moderada intensidade promovem efeitos benéficos para o hipertenso, sendo essa modalidade de exercício altamente recomendada. Por outro lado, estudos recentes com exercícios de alta intensidade também vêm demonstrando resultados significativos, no entanto, existem poucos estudos na literatura comparando os efeitos do exercício contínuo de moderada intensidade (ECMI) aos efeitos do exercício intervalado de alta intensidade (EIAI) e, por esse motivo, não é possível afirmar qual tipo de exercício é mais benéfico para o paciente hipertensos.OBJETIVOS:Analisar e comparar a hipotensão pós-exercício em adultos hipertensos submetidos ao EIAI e ao ECMI. MÉTODOS:Vinte indivíduos com HA foram submetidos a dois diferentes protocolos de exercício (ECMI e EIAI) e uma sessão controle. O ECMI foi realizado à 60-70% do VO2máx e o EIAI foi composto de 5x de 3min a 90%VO2máx e 2min a 50% do VO2máx.Antes do exercício a PA de repouso dos voluntários foi aferida e, após a realização das sessões, os indivíduos permaneceram no local de coleta durante 60 minutos para monitorar a PA. ANÁLISE ESTATÍSTICA:Os dados estão apresentados como média ± erro padrão.  Para avaliar a hipotensão 1h pós-exercício foi realizado o cálculo do efeito líquido do exercício que consiste: efeito líquido=(pós exercício-pré exercício)–(pós controle–pré controle). Para comparar as sessões de exercício em todos os momentos em relação às variáveis de estudo, empregou-se o modelo de análise de variância com medidas repetidas e quando necessário foi realizado post hoc de bonferroni. As análises foram feitas pelo programa R.RESULTADOS:Ambas as sessões de exercício promoveram redução da PA 1 hora após a realização do exercício. Em relação a PA sistólica e PA média, houve diferenças significativas entre as intervenções em todos os momentos (p≤0,01), já, em relação a variável PA diastólica não foram encontrado diferenças significativas entre as sessões de exercício. NA PA sistólica foi observado uma redução que chegou até 7mmHg após o ECMI e 11mmHg após o EIAI, já, na PA diastólica a redução da PA chegou a 4mmHg após o ECMI e até 7mmHg após o EIAI. CONCLUSÃO:Ambas as sessões de exercício foram capazes de promover hipotensão pós exercício, porém o EIAI gerou uma redução da PA de maior magnitude.

Realização e Secretaria Executiva

SOCESP

Organização Científica

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web
SOCESP

XXXVIII Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

15, 16 e 17 de junho de 2017
Transamerica Expo Center | São Paulo - Brasil