Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

Comparação de métodos de avaliação da taxa metabólica de repouso em mulheres jovens obesas

Michelle Venâncio dos Santos, Wanda RP Lopes-Vicente, Leslie Virmondes da Silva, Maria Fernanda Hussid, Simone Dal Corso, Fernanda M Consolim-Colombo, Ivani C Trombetta
Universidade Nove de Julho - UNINOVE - São Paulo - SP - Brasil, INSTITUTO DO CORAÇÃO DO HCFMUSP - - SP - BRASIL

Introdução: A estimativa da taxa metabólica de repouso (TMR) por equações padronizadas é frequentemente usada para orientar o tratamento dietético da obesidade, sendo que a assertividade desta medida pode interferir no programa de perda de peso. Não se sabe se equações padronizadas, como a proposta pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e a fórmula de Harris Benedict (HB), reproduzem a TMR medida pela calorimetria indireta, o método padrão-ouro. O objetivo deste trabalho foi verificar se os valores de TMR encontrados pelas equações padronizadas (OMS e HB) reproduzem o valor encontrado pelo método direto (calorimetria indireta) em uma população de mulheres jovens com obesidade graus 1 e 2 (índice de massa corporal 30-40 kg/m2).

Métodos: 51 mulheres obesas (34 [28-39] anos, 33 [31-36] kg/m2) sem fatores de risco cardiovascular foram avaliadas por medidas antropométricas e submetidas à avaliação da TMR direta. Esta medida foi obtida por calorimetria indireta com jejum de 3-4 horas, pela média de 30 minutos de consumo de oxigênio, em posição deitada. Foram estimadas 24 horas de calorias para TMR, de acordo com a equação de Weir. Além disso, foram realizados os cálculos dos valores previstos da TMR pelas equações padronizadas (OMS e HB).

Resultados: A TMR estimada pela equação HB apresentou valores menores do que a medida direta (1355 ± 12 vs. 1590 ± 32 kcal, p <0,001), enquanto a TMR estimada pela equação OMS ajustada para idade não apresentou diferença significativa quando comparada à medida direta (1648 ± 19 vs. 1590 ± 32 kcal, p = 0,116).

Conclusão: Nossos dados sugerem que a equação OMS ajustada, ao contrário da equação HB, é uma ferramenta simples e prática para estimar a TMR em mulheres jovens obesas.

Realização e Secretaria Executiva

SOCESP

Organização Científica

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web
SOCESP

XXXVIII Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

15, 16 e 17 de junho de 2017
Transamerica Expo Center | São Paulo - Brasil